Crítica | Após 30 anos, Vale Tudo mostra o quanto continua atual

📷Glória Pires e Regina Duarte em cena de Vale Tudo.
Texto escrito por Pedro Lima

"Vale a pena ser honesto no Brasil?", essa foi a pergunta que permeou os 204 capítulos desta trama escrita por Gilberto Braga, Aguinaldo Silva e Leonor Bassères. E que ganhou uma nova reprise pelo Canal Viva, que já havia exibido a mesma em 2010. A proposta da novela nasceu diante um encontro de família em que o padrinho de Gilberto Braga era tratado como um “babaca” por ter sido delegado no Rio de Janeiro e em Belém, e não ter conseguido comprar um apartamento na Vieira Souto (um dos bairros mais caros) no Rio, como muitos colegas de profissão.



Diante disso vimos uma trama em que temos a filha deixando a própria mãe na rua após um golpe, pessoas agindo de má fé, corrupção, inflação... o famoso “jeitinho brasileiro” falando mais alto, e personagens honestos pagando um preço alto por agir e pensar de forma idônea.

Qual a diferença de 1988 e 2018? Te respondo, nenhuma! O Brasil, ainda não mostrou a sua cara e o que vimos diante da TV é que a novela continua atemporal, ao se depararmos com os problemas ali citados há exatos 30 anos e que ainda continua assolando nossa nação. 

Um comentário:

  1. Olá, tudo bem? Eu era criança quando passou essa novela e não gostava. Rs... Abs, Fabio www.blogfabiotv.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.