Novela Escrita | Enquanto a Cidade Dorme - Capítulo 06


PARTE 1 

Na sala de espera do hospital, Miguel conta a novidade para Joaquim:

JOAQUIM: O que está a dizer?

MIGUEL: É exatamente isso, seu Joaquim! A sua filha segurou a minha mão! Ela está reagindo, está voltando!

Joaquim abraça Miguel e corre para o quarto da filha:

JOAQUIM: Como ela está?

ELIANE: Bem! Muito bem! Nossa menina é forte Joaquim, ela está voltando pra gente!

Miguel observa tudo de longe e enxuga as lágrimas. Corta para:

PARTE 2

Casa de Teodoro e Helena. No quarto, Teodoro está deitado na cama enquanto Helena se arruma para sair:

HELENA: Nosso filho fará falta!

TEODORO: Murilo cuidará dos negócios da família na China, Helena! Tudo ficará bem! Tudo está saindo como planejamos! Nosso filho longe daquela qualquer e com a vida encaminhada!

HELENA: Só espero que aquela mulher não apareça mais aqui!

TEODORO: Não irá aparecer! Tudo com ela já está acertado. 

HELENA: Tomara que ela não venha mesmo!

Helena caminha até o closet e pega um par de sapatos. Teodoro a observa e diz:

TEODORO: Vai sair?

HELENA: Tenho um cliente!

TEODORO: Um cliente? Agora? São quase seis horas da tarde!

HELENA: É o único horário que meu cliente pode, e eu estou realmente muito interessada neste caso!

TEODORO: Não sabia que seus dotes de advogada ainda funcionavam!

HELENA: Nunca deixaram de existir! Tá certo que fazia tempo que eu não tinha um cliente, mas era por escolha minha! Agora, com este caso que me foi apresentado, tive absoluta certeza de que era hora de voltar! Ah, antes que eu me esqueça Teodoro, o cliente não é daqui, tampouco da capital. Estou embarcando para Curitiba, devo voltar em dois dias!

TEODORO: E quando pretendia avisar-me?

HELENA: Agora! Estou lhe avisando! Não queria correr o risco de você tentar algo para atrapalhar meus negócios!

Helena pega sua bolsa e sai do quarto. Corta para:

PARTE 3

No aeroporto de Curitiba, um relógio no telão de embarques mostra que são 22h. Helena surge com sua mala e é recebida por um homem e uma menina de aproximadamente 5 anos.

FERNANDO: Quantas saudades estava de você meu amor!

HELENA: Eu também estava morrendo de saudade!

Os dois se beijam. Corta para:

PARTE 4 

Na casa de Fernando, Helena segura a pequena Clara no colo:

HELENA: Vejo que você cuidou bem da nossa menina, Fernando!

FERNANDO: Percebe como ela está cada dia mais parecida com você?

HELENA: Realmente! Cada dia mais parecida comigo, mas ela tem seus olhos, não vamos negar!

Clara desce do colo da mãe e questiona:

CLARA: Onde você estava mamãe? Porque ficou tanto tempo longe de casa?

HELENA: Mamãe estava trabalhando minha querida, lembra que lhe expliquei isso da última vez que nos vimos?

CLARA: Lembro sim, mamãe! 

Ela corre e pega uma boneca que está em cima do sofá:

CLARA: Olha mamãe, o papai me disse que você mandou dinheiro para ele comprar para mim. Eu adoro essa boneca! Dou banho nela todos os dias!

HELENA: É mesmo? E você troca as roupinhas dela também?

CLARA: Troco sim mamãe! Vou dar comida para ela agora!

HELENA: Vai sim meu amor, fala para ela que é necessário comer direitinho para crescer e ficar igual a você!

CLARA: Sim mamãe!

Clara sai correndo com a boneca. Fernando se aproxima:

FERNANDO: Quando você tem que voltar?

HELENA: Depois de amanhã! Ou ele irá desconfiar!

FERNANDO: Ela está sentindo sua falta cada vez mais, não sei mais o que dizer!

HELENA: Continue como está a fazer! Tudo está dando certo e têm que continuar dando!

FERNANDO: Já faz dez anos!

HELENA: Eu sei meu amor! Eu sei! Mas calma, tudo se resolverá! Só precisamos esperar mais um tempo até eu conseguir sair daquela maldita casa! 

Os dois se beijam. Corta para:

PARTE 5

CHINA

Apartamento de Graziela e Murilo:

GRAZIELA: Seu pai pensou em cada detalhe mesmo, não é?

MURILO: A verdade é que meu pai sempre quis que eu viesse morar aqui e que assumisse de uma vez a empresa da família. Ainda mais agora que fechamos esse acordo milionário!

GRAZIELA: Você pode ir para o trabalho com toda a tranquilidade do mundo que eu estarei aqui para cuidar do nosso menino! Já sabe qual será o nome dele? Você ainda não me respondeu se já pensou sobre isso!

MURILO: Já pensei sim. 

Flashback:

LUANA: Já escolhi o nome que quero dar ao nosso filho!

MURILO: Sério? – risos – e qual vai ser?

LUANA: Breno! Eu quero que ele se chame Breno!

MURILO: Tá ai, eu gosto de Breno! – sorri – 

Os dois se beijam.

Fim do flashback:

MURILO: Ele se chamará Breno!

FIM DO CAPÍTULO 6

Curtiu o capítulo? Comente!

Postar um comentário

Copyright © Portal Comenta TV. Designed by OddThemes & SEO Wordpress Themes 2018