Novela Escrita | Fruto da Imaginação - Capítulo 10



Regina: é isso mesmo Sérgio! O Antônio reapareceu. E por incrível que pareça, é dono do carro que o Léo quase bateu e ainda por cima assumiu todas as despesas do acidente, sem saber que era o próprio filho.
Sérgio parece que não gostou nada da novidade.
Sérgio: Mas não pode ser.
Regina: Não pode ser o que?
Sérgio (disfarçando): Nada… só fiquei surpreso com a coincidência dos fatos.
Regina: Põe coincidência nisso. Seria até engraçado se não fosse trágico.
Sérgio: E o Bernardo já sabe dele?
Regina: Não, ainda não. O Bernardo vai ficar em estado de choque. Por que se não bastasse isso, o Antônio é o dono da faculdade onde ele estudava. Ele tem ódio mortal dele.
Sérgio: Meu Deus! O cara que expulsou o Bernardo da Universidade, além de estar envolvido no acidente que quase matou o Léo, ainda por cima é pai deles?!
Regina: Eu nem sei o que fazer. Eu nem sei o que dizer. É uma situação tão complicada.
Sérgio: A situação é desagradável isso sim. O Bernardo vai ficar irado Regina. Ele odeia esse cara, que vivia o perseguindo na faculdade. E ainda por cima o expulsou de lá, cancelando a bolsa de estudos.
Regina: Eu não sei o que fazer.
Casa de Rafael e Helena / Sala
Rafael acaba de saber que Helena está grávida e se emociona.
Rafael: Nossa, Helena. Que noticia maravilhosa.
Helena: Eu nem sei se é, Rafael. Estou tão confusa.

Rafael (curioso): Você está confusa, então posso te fazer uma pergunta?
Helena: Pode… o que houve?
Rafael: Esse filho é meu?
Helena não gosta da desconfiança de Rafael e briga com ele.
Helena: Você está me ofendendo Rafael. Não admito isso.
Rafael: Desculpa Helena… é por que eu tenho visto você e o Marcos tão próximos, que pensei
Rafael pede desculpas. Mas Helena não deixa que ele continue falando.
Helena: Pensou e julgou completamente errado Rafael. Eu e o Marcos somos amigos, somente. Ele tem sido uma ótima companhia, ultimamente. O filho não é dele, mas pode ficar tranquilo, despreocupado. Eu não tenho a intenção de continuar com essa gravidez.
Rafael: O que é isso Helena? Você não pode tirar essa criança.
Helena: Claro que posso Rafael. Nós não temos mais nada. Você saiu de casa e eu não tenho condições de criar um filho sozinha.
Rafael: Se você quiser, eu posso voltar Helena. E te explico o que houve.
Helena parece não querer continuar com a gravidez e muito menos reatar com Rafael.
Helena (nervosa): Eu não quero explicações Rafael. Por favor, vai embora. Segue a sua vida. Planeja um filho com sua nova paixão. Até por que você nunca quis ter um filho.
Rafael: Helena eu não achava certo…
Helena: Vai pra sua casa Rafael. Outra hora nós conversamos, por favor!
Rafael: Só te peço uma coisa. Pense antes de tomar qualquer decisão.
Helena abre a porta para que Rafael saia e depois bate e porta e começa a chorar.
Rua
Diego e Sandra se encontram e os dois estão muito nervosos.
Diego: Precisava muito falar com você Sandra.
Sandra: Eu também Diego…, Mas me diz, o que é esse braço enfaixado?

Diego: Os caras quebraram meu braço, Sandra. Eles não estão brincando.
Sandra demonstra que está muito preocupada e com medo, começa a chorar
Sandra: Eles me ameaçaram Diego… fiquei devendo a eles, mas havia me esquecido e agora eles querem cobrar com juros e não tenho o dinheiro.
Diego: Começou assim comigo, Sandra. Eles estão pegando pesado. Tenta conseguir a grana.
Sandra: Tenho que conseguir cara. Mas estou com muito medo!

Universidade / Cantina
Allan está sentado na cantina pensativo.
Allan: Será que eu estou sentindo alguma coisa pela Maria? Depois que descobri que ela não é igual as outras meninas, parece que algo mudou aqui dentro. Quem diria Allan. Você está apaixonado?
Maria chega.
Allan: Bom dia Maria! Antes de você ir, quero falar com você.
Maria: Diga, gato. O que houve?
Allan: Maria, eu quero namorar com você!
Maria fica surpresa com o pedido de Allan e demonstra felicidade.
Maria: Sério Allan?
Allan: Eu confesso que não pensava nisso por enquanto mas , algo está me pedindo para fazer isso. E aí? Você aceita?
Maria (feliz): é o que eu mais quero meu amor! Já estava contando os dias para que você dissesse isso.
Allan: e esse dia chegou, minha linda.
Bernardo chega nesse momento e Allan percebe que Maria fica sem graça
Bernardo: Com licença, Maria e Professor.
Allan: Fala ai Bernardo?! E aí, de volta a universidade?
Bernardo: Jamais professor… pra cá, eu não volto nunca mais. Vim mesmo, entregar um recibo lá do hospital para o Antônio.
Maria: e como seu irmão está, amigo?
Bernardo: Na mesma Maria. Nenhuma novidade.
Allan: Mas nós temos uma novidade Bernardo. Conta para ele Maria!
Maria não quer deixar Bernardo triste, pois sabe que ele gosta dela. Mas Allan insiste.
Maria: Que isso Allan. Isso não é novidade.
Allan: Claro que é. A não ser que você esteja escondendo algo de mim… se você não contar, eu conto. Bernardo, acabo de pedir a Maria em namoro. Agora vamos assumir.
Bernardo não consegue disfarçar a decepção diante do que acaba de ouvir.
Bernardo: Que legal gente. Parabéns… agora eu tenho que ir. Até mais.
Bernardo se despede e sai
Maria: Fiquei sem graça Allan.
Allan: E ele triste. Está na cara que ele é caidinho por você Maria. Mas agora ele desencana. Por que você é só minha.
Allan beija Maria e Bernardo olha escondido de longe. E depois sai, triste, em direção a sala de Antônio.
Universidade / Sala de Antônio
Luiza: Diz logo Antônio. O que tão surpreendente aconteceu? Você está estranho!

Antônio: Sente-se Luiza. Por que eu tenho uma bomba para te contar.

Luiza: Você disse que era sobre o Bernardo. É isso? Tem haver com o acidente?

Bernardo está entrando na sala, quando ouve seu nome, então fica quieto para acabar de ouvir.

Antônio: Então Luiza… Eu reencontrei os meus filhos. E descobri que o Leonardo e o Bernardo são eles. O Bernardo é meu filho.

Luiza se surpreende. Bernardo leva um susto e sem querer se mexe e faz um barulho na porta. Antônio e Luiza o veem.

FIM DO CAPÍTULO 10

Postar um comentário

Copyright © Portal Comenta TV. Designed by OddThemes & SEO Wordpress Themes 2018