Crítica | Juliana Paes se sobressai e vive melhor fase da carreira em A Força do Querer


Faltam apenas seis capítulos para o fim de A Força Querer e já sinto aquele aperto que há muito tempo eu não sentia. Depois de 165 capítulos já podemos afirmar com toda a certeza que ela é sim a melhor novela do horário em muitos anos, e isso eu já havia dito anteriormente quando a novela ainda estava longe do fim. 

O saldo final é com certeza mérito da autora, do elenco e de toda a equipe. Como diz Gloria no final do script do último capítulo divulgado pela própria, o sucesso é mérito de todos que fizeram algo para ela acontecer direta ou indiretamente.

Mas entre tantos pontos positivos, podemos com certeza destacar alguns que foram além. E depois de muito torcer o nariz para Bibi, eu entendi a sua real função na trama. Não, não sou nem um idiota, mas durante muito tempo me vi emputecido com as suas escolhas e sua paixão cega pelo Rubinho. Mas é que fazia tanto tempo que eu não acompanhava uma trama onde tivesse uma personagem tão rica dramaturgicamente, que eu demorei para me render a personagem.

Juliana Paes com certeza foi uma das que fizeram A Força do Querer um tremendo sucesso. Bibi é aquela personagem que nos faz sentir pena, raiva, alegria e tantos outros sentimentos, mas que no fim, ela estava lá para isso mesmo. A personagem está na fase de se libertar da vida que assumiu por conta de uma paixão cega, e Juliana Paes continua mostrando toda a sua entrega e vive sua melhor fase na televisão. Com certeza a personagem vai ser um divisor na carreira da atriz. 

Não estou dizendo que a trama só teve a personagem de destaque, porque isso seria mentira. A Força do Querer é recheada de personagens cativantes e que conquistaram o público, mas a Bibi com certeza é uma das mais. Vai deixar muitas saudade, assim como toda a trama.

Que O Outro Lado do Paraíso seja tão bom quanto o seu título sugere.

Postar um comentário

Copyright © Portal Comenta TV. Designed by OddThemes & SEO Wordpress Themes 2018